Brody Holmes aka Qaamavoq

Demônio Transparente

Description:
Bio:

Brody nasceu em 1997 Washignton DC onde seu pai trabalhava como espião da CIA.
Considerado um prodígio, a Agência começou observá-lo à partir dos 10 anos de idade. Depois do incidente de 2009, todos os potenciais agentes foram chamados para começarem seus treinamentos afim de se precavir das futuras investidas da Seita da Salvação.
Assim que completou 18 anos Brody foi enviado em sua primeira missão, na Inglaterra. Lá conheceu Amanda. Casou-se 2 anos mais tarde e, 6 meses depois, nascia Annie, sua primeira filha.
Em 2020 Brody foi enviado para uma investigação na Groelândia, onde a agência acreditava que A Seita Da Salvação mantinha um laboratório onde pesquisava novas tecnologias e fabricavam as bombas nucleares que vinham aflingindo o mundo há alguns anos. Nessa época a Agência já tinha perdido boa parte do seu poder e se esforçava para se manter funcional.
Após 6 meses de invetigação Brody voltou para anInglaterra onde reportou os seus achados à Agência. Foi descoberto que o laboratório era mantido por um sujeito conhecido apenas como Kross e, de fato, era um local de pesquisa da Seita, apesar de ter sido descoberto que existem outros laboratórios espalahados pelo mundo.
Cerca de 20 dias após sua volta, por volta das 6:15 da manhã, logo depois de levantar da cama para preparar o café para sua mulher e filha, que tinham ficado dormindo, Brody recebe uma ligação. Ao atender, ele houve o seguinte:
- Brody, Brody, Brody… Quão patético você acha que nós somos? A Agência deve estar realmente deseperada pra usar um espião tão amador. Acompanhamos você durante o mês que permaneceu aqui. Você é uma vergonha, não merece viver…
Brody começa a ouvir o som de um avião e corre pra fora de casa para ver o que estava acontecendo. Ele só teve tempo de ver uma pequena bomba sendo jogada perto de sua casa e, de repente, um clarão.
Quando acordou, Brody se deparou com uma cenário de desolação. Tudo em sua volta estava destruído e todo seu corpo doía. Na mesma hora Brody, mesmo sem forças, olha para trás e vê sua casa totalmente destruída. Ele se levanta, caminha com muita dificuldade até o local e começa a gritar por sua mulher. Após alguns minutos revirando escombros ele acha a mão da mesma, gelada. Com muito esforço ele remove mais alguns pedaços da casa para descobrir Amanda e Annie mortas, uma ao lado da outra.
A ira toma conta do seu coração e ele corre floresta a dentro (pelo menos o que sobrou dela). Ficou claro para ele que era Kross no telefone e, o melhor que ele tinha a fazer agora, era desaparecer e se fingir de morto.
Depois de passar 2 dias dentro da floresta ele se convenceu que suas feridas eram muito graves para se curarem sem tratamento.
Foi para um hospital da cidade que, por sorte, estava recebendo algumas pessoas vítimas de queimadura após um incêndio atingir uma madereira local.
Brody ficou internado por 1 mês com um nome falso e saiu de lá com metade do seu rosto totalmente deformado.
Seu único objetivo de vida agora era a vingança. Após 3 semanas, entrou clandestinamente em um barco para a Islândia e, após alguns dias, conseguiu entrar em um barco para Groelândia.
Chegando lá, retomou a investigação contra a Seita, focando, principalmente, em Kross. Apesar da sua deformidade Brody sabia que deveria ter cuidado redobrado para que não fosse descoberto novamente.
Após algumas semanas ele começou a sentir alguns efeitos colaterais estranhos no seu corpo. Seu paladar ficava cada dia menos preciso, sentia muitos formigamentos nas pernas e braços e pequenos seres vivos morriam com a sua presença. Algo estava errado.
Um dia, enquanto estava no mercado local, ele começou a ouvir gritos: “Qaamavoq! Qaamavoq!” e todos apontavam para Brody.
Sem entender, ele começou a tentar se esconder para sair de evidência. Quando foi cobrir seu rosto com a manta, ele não conseguia acreditar no que estava vendo, ou melhor, não vendo. Seu corpo estava lentamente desaparecendo. Depois de alguns segundos, ele estava totalmente invisível. Desorientado, ele fugiu para sua cabana isolada.
Com o passar dos dias a sua “transparência” começou a se manifestar com maior frequência até um ponto que ele podia, praticamente, controlá-la. Os boatos do Qaamavoq se espalharam pela cidade.
Era o que ele precisava. Aquilo era uma dádiva, um milagre. O destino de Kross estava selado.
Brody começou a bolar seu plano para invadir o laboratório e finalizar sua vingança.
No dia marcado, tudo começou a conforme esperado mas, após a invasão, ele notou que o laboratório tinha sido abandonado, e às pressas. Muitas coisas ficaram para trás.
Ele continuou investigando e chegou a uma sala vazia, que aparentava ser um depósito de protótipos. Lá, algumas coisas lhe charam a atenção como uma roupa que estava estranhamente grudada à parede e duas armas alieníginas. Guardo-as para si e continuou a investigar o local mas sem muito sucesso além de alguns planos de bombardeio.
Frustrado, voltou à sua cabana.
Após alguns anos investigando o paradeiro de Kross, que tinha sumido do mapa, Brody finalmente encontra uma pista. Parece que um grupo de rebeldes trabalhando para a Agência conseguiu algumas informações sobre ele…

Brody Holmes aka Qaamavoq

CPTrevas decomush